Ensaio para o Jornal Extra na véspera do Concurso.

Candidatas ao Miss Plus Size Carioca contam como o concurso, que acontece neste domingo, as ajudou a recuperar a autoestima

Foto: Fábio Guimarães / EXTRA
Naiara Andrade
Tamanho do texto A A A
A noite de amanhã será de puro glamour sob a Lona Cultural de Jacarepaguá. Na passarela, 30 candidatas desfilarão beleza, elegância e desenvoltura em busca do título de Miss Plus Size Carioca 2011. E que duas polegadas a mais nos quadris, o quê, Martha Rocha!? A beleza, neste caso, é farta. Mesmo!
— Nunca pensei em fazer apologia à obesidade. A ideia desse evento é brindar a beleza da mulher brasileira, real, curvilínea. E não se trata de uma competição: todas essas meninas estão unidas por uma causa — explica Eduardo Araújo, de 50 anos, idealizador e produtor do concurso, que premiará a grande vencedora com joias, hospedagem em hotel fazenda, óculos de sol, roupas, sapatos e bolsas, entre outros mimos.

Foto: Fábio Guimarães / EXTRA

A disputa tem provocado uma verdadeira revolução na vida de algumas candidatas, que têm descoberto a própria beleza. Caso da paraibana Enny Monsueth, de 24 anos, radicada no Rio há quase três:
— Meus colegas de trabalho se uniram para pagar a minha inscrição. Me empolguei, e estou recuperando a minha feminilidade. Nunca soube me maquiar nem me portar com delicadeza. Minhas roupas são masculinas, costumo adaptar as camisas do meu marido.
A repercussão tem sido tanta, que ano que vem promete novidades ainda melhores:
— Estamos acertando para ter o Miss Plus Size Brasil — revela Eduardo.

Foto: Fábio Guimarães / EXTRA

Depoimentos:
— Nasci e cresci gordinha, e sempre sofri com as rejeições. Moro perto da praia, e tinha vergonha de frequentá-la. Depois do concurso, me libertei. Hoje, sou conhecida como a ‘Garota de Ipanema GG’, e me orgulho de ajudar tantas meninas a se descobrirem também bonitas — conta Tatiana Gaião, 30 anos, é enfermeira e tenente do Corpo de Bombeiros, que foi eleita Miss Plus Size Carioca 2010.
— Sempre fui ‘prafrentex’, e por isso nunca sofri bullying. Me amo do jeito que sou, sempre gostei de aparecer e adoro ser conhecida como ‘Beyoncé GG’. Se tivesse que mudar alguma coisa no meu corpo, seria só o nariz — diz Érica Calderal, de 30 anos, coordenadora de TI e modelo, que levou o título Miss Plus Size Simpatia 2010.
— Minha autoconfiança é tudo. Uso roupas da moda, chamo atenção nas festas. Estou solteira por opção — garante Hannah Perez, de 18 anos, baiana que mora no Rio há 10 meses.
Ficha técnica:
Produção - Rosângela Alvarenga
Fotos - Fábio Guimarães
Agradecimento - Acqua Rosa Moda Praia
Beleza - Ewerton Pacheco


Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/candidatas-ao-miss-plus-size-carioca-contam-como-concurso-que-acontece-neste-domingo-as-ajudou-recuperar-autoestima-2855867.html#ixzz1c0tod499

Comentários

  1. Obaaa, será que agora tá funcionando postar comentarios?

    ResponderExcluir
  2. Tá chiccccccc heinnnnn!
    Os seus comentários acho que estão funcionando só não sei pq , para comentar direcionam para outra página! Beijão Sharon

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá, se você tem algo construtivo a dizer sobre o blog, escreva aqui. Lembrando que tudo o que for escrito será moderado por nossa equipe e comentários que nada tem a acrescentar serão automaticamente excluídos. Obrigada!

Postagens mais visitadas