Total de visualizações de página

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Saiba mais sobre o Diabetes

Então genteee, ,

Como todos já sabem, este blog é de uso pessoal e não está voltado exclusivamente ao mundo Plus Size e sim a tudo aquilo que diz respeito a minha vida profissional e pessoal, então, como profissional da área da saúde, usarei este espaço também para disseminar informações sobre saúde.Informações estas que pouco são tratadas nos blogs que costumo visitar, mas que para mim se fazem bastante relevantes devido ao momento em que estamos vivendo.
Falemos então sobre Diabetes...

Primeiramente gostaria de disponibilizar o site da Sociedade Brasileira de Diabetes para que os interessados pelo assunto possam pesquisar com maior profundidade sobre esta doença tão séria que mata milhares de pessoa em todo o mundo.
www.diabetes.org.br

Agora, vamos direto ao assunto:

Você sabia que existem vários tipos de diabetes? Diabetes tipo 1, Diabetes tipo 2, Diabetes gestacional e até Pré-diabetes? ( estes são os mais conhecidos, no entanto, existem diversos outros tipos, embora raros, da doença)

O Diabetes tipo 1 - É mais comum em pessoas com menos de 35 anos e se apresenta através dos seguintes sintomas:
Pessoas com níveis altos ou mal controlados de glicose no sangue podem apresentar:
• Vontade de urinar diversas vezes;
• Fome freqüente;
• Sede constante;
• Perda de peso;
• Fraqueza;
• Fadiga;
• Nervosismo;
• Mudanças de humor;
• Náusea;
• Vômito
A DM1 surge quando o organismo deixa de produzir insulina (ou produz apenas uma quantidade muito pequena.) Quando isso acontece, é preciso tomar insulina para viver e se manter saudável. As pessoas precisam de injeções diárias de insulina para regularizar o metabolismo do açúcar. Pois, sem insulina, a glicose não consegue chegar até às células, que precisam dela para queimar e transformá-la em energia. As altas taxas de glicose acumulada no sangue, com o passar do tempo, podem afetar os olhos, rins, nervos ou coração.

O Diabetes tipo 2 - Sabe-se que o diabetes do tipo 2 possui um fator hereditário maior do que no tipo 1. Além disso, há uma grande relação com a obesidade e o sedentarismo. Estima-se que 60% a 90% dos portadores da doença sejam obesos. A incidência é maior após os 40 anos.
Uma de suas peculiaridades é a contínua produção de insulina pelo pâncreas. O problema está na incapacidade de absorção das células musculares e adiposas. Por muitas razões, suas células não conseguem metabolizar a glicose suficiente da corrente sangüínea. Esta é uma anomalia chamada de "resistência Insulínica".
O diabetes tipo 2 é cerca de 8 a 10 vezes mais comum que o tipo 1 e pode responder ao tratamento com dieta e exercício físico. Outras vezes vai necessitar de medicamentos orais e, por fim, a combinação destes com a insulina.

Principais Sintomas:
Infecções freqüentes;
Alteração visual (visão embaçada);
Dificuldade na cicatrização de feridas;
Formigamento nos pés;
Furunculose.

Diabetes Gestacional- Na gravidez, duas situações envolvendo o diabetes podem acontecer: a mulher que já tinha diabetes e engravida (leia mais a respeito) e o diabetes gestacional. O diabetes gestacional é a alteração das taxas de açúcar no sangue que aparece ou é detectada pela primeira vez na gravidez. Pode persistir ou desaparecer depois do parto.

Se você já apresentou algum dos sintomas descritos acima, sugiro que procure uma unidade de saúde pública ou particular para fazer os exames necessários e iniciar o seu tratamento.

O fato de eu ser Modelo Plus Size e atual Miss Simpatia Plus Size Carioca, faz com que aumente a responsabilidade sobre o cuidado com minha saúde e também com a saúde daqueles(a) que me admiram e acompanham o meu trabalho. O fato de estar acima do peso não significa dizer que não cuido de minha saúde, muito pelo contrário, justamente por isso estou socializando estas informações para incentivar você, caro amigo e cara amiga, a também procurar ajuda médica sempre que necessário. Saúde é coisa séria!
Bjs

sábado, 12 de novembro de 2011

Você é irresistível?


Seja irresistível

Por Scher Soares


Alguma vez você já parou para pensar nas pessoas que você considera irresistíveis?

Será que existe algum estranho poder magnético nestas pessoas, que o simples fato das suas presenças parecem atrair a atenção e o interesse de todos? Sim, existe sim uma espécie de poder magnético nestas pessoas; particularmente, eu chamo esse poder de “presença de palco”; uma espécie de luz que parece manifestar-se em torno da pessoa que detém essa característica de irresistibilidade.

“Quando uma pessoa tem presença de palco, a simples expressão do seu rosto parece dizer “cheguei”,” estou aqui”; tal característica parece atrair a atenção e interesse de todos, e assim em uma pequena fração de tempo todos estão já seduzidos pela sua presença.

Diante dessa enumeração de fatos, parece-me interessante sugerir que nós possamos aprender alguns aspectos dessa personalidade magnética, nos tornando assim cada vez mais irresistíveis.

Vejamos alguns elementos desse contexto:

Auto-Estima – Pense bem, você conhece alguma personalidade magnética que não seja altamente consciente das suas possibilidades e seja também dotada de uma auto-estima considerável? Pessoas irresistíveis têm uma auto-estima elevada e gostam de si próprias. Vivem de bem consigo mesmas – sem, contudo se considerarem melhor do que as outras.

Auto-Confiança – Uma pessoa com auto-estima elevada normalmente acredita muito em si própria – manifesta uma tranqüilidade e segurança a respeito dos seus próprios passos.

Entusiasmo – Pense bem, você já viu alguém irresistível andar por aí exclamando: “oh! Vida, oh! azar”?
Não, definitivamente alguém com personalidade magnética nunca se comporta desta maneira. O entusiasmo é uma característica marcante das pessoas irresistíveis – nós nos aproximamos dessas pessoas porque queremos ser contagiados pelo seu brilho, energia e entusiasmo e não ao contrário.

Gostar de Gente – Essa é uma fórmula simples, porém muito difícil para muitas pessoas – pessoas irresistíveis gostam de gente, elas se interessam genuinamente pelas pessoas e não apenas pelo que as pessoas podem proporcionar a elas. Pense nisto: Como anda seu nível de interesse pelos outros? Você tem se interessado pelas outras pessoas ou apenas por você mesmo?

Bons Ouvintes – Outra fórmula simples, porém difícil para muitos. Lembre das conversas que você teve com as pessoas que você considera magnéticas - o que você acha? Essas pessoas foram bons ouvintes? Ouvir as pessoas atenciosamente é preencher sua necessidade de ser reconhecido, de merecer atenção. Nós gostamos de pessoas que nos ouvem e não suportamos pessoas que não nos ouvem e até nos interrompem – reflita... Como você se sente quando alguém esquece o seu nome logo após ser apresentado? Quer aumentar seu magnetismo? Ouça as pessoas com atenção, chame-as pelo nome, recorde de assuntos ou detalhes ditos em uma conversa tempos depois.

Gestos e Palavras Mágicas – Pessoas irresistíveis usam palavras mágicas – elas falam, ,”por favor, “, “ com licença “, e “ bom dia “. Seu tom de voz é vibrante, independente de ser alto ou baixo. Elas elogiam e parabenizam. Retornam sua ligação ou seu e-mail, mesmo que para dizer que estão muito ocupados e que depois “ conversam “. Pessoas irresistíveis dizem “ muito obrigado “.

Pessoas magnéticas atraem coisas positivas, atraem mais pessoas irresistíveis. Pessoas irresistíveis formam uma excelente networking, tem amizades mais profundas e colegas de trabalho mais interessantes. Você deve estar exclamando – nossa, mas que sortudas essas pessoas hein!
Caro amigo, não chamo isso de sorte, chamo de resposta – uma resposta da vida ao que você faz com na sua vida.

Seja irresistível!

sábado, 5 de novembro de 2011

Você gosta de aventuras??? Parte I

Bom dia genteee,
Vou falar sobre um assunto que eu adoooooooooooooroooo AVENTURAS! rsrs...Existem vários tipos de aventuras, mas hoje vou falar sobre esportes radicais. Você gosta??
É... Todo mundo pensa que quem está acima do peso é mais limitado para praticar certos tipos de esportes, não é verdade?? Mas para desmistificar tudo isso, eu posso provar por A+B que nós podemos sim nos divertir e muito, com bastante adrenalina! Desde criança eu sempre fui apaixonada por este tipo de aventura, como andar de skate, surfar, pular de páraquedas, voar de balão, de asa-delta, párapente, etc... Mas, cadê a coragem??rrs... Pois bem, os filmes foram meus grandes incentivadores,... O primeiro filme que eu assisti e fiquei apaixonada foi " Caçadores de Emoção" com Keanu Reeves ( lindo demais)! E Patrick Swayze. Meu sonho naquela época era de pular de páraquedas e aprender a surfar, sonhos que permanecem até hoje dentro de mim....Anos se passaram, nunca surgiam oportunidades para as aventuras e também não conhecia nenhuma maluca pra me acompanhar nestas doideiras, rs. Porém, depois de muitos anos, em 2008, quando eu trabalhava na Ouvidoria da Casa de Saúde São José, em São Gonçalo, participei de um treinamento realizado pela equipe de RH daquele hospital e a chama por aventuras reacendeu completamente, isto porque, assistimos ao filme " Antes de Partir" com Jack Nicholson e Morgan Freeman. Este filme mexeu tanto comigo, pois via que ainda havia chances de realizar todos os meus sonhos, que enquanto a gente passa a vida inteira se preocupando em trabalhar e ganhar dinheiro, a vida passa muuuuuuito rápido e perdemos muitos momentos de realizarmos nossos sonhos, sonhos simples, talvez banais, porém no filme, aqueles homens só descobriram a importância da vida, perto da morte...Ao término do filme, a psicóloga, coordenadora do RH na época, distribuiu uma folha de ofício para cada um de nós e pediu para que escrevêssemos TUDO o que gostaríamos de fazer " Antes de partir"...Ah, neste hora...Pirei, quando parei para pensar que já estava com 28 anos e não havia feito nada do que eu queria na minha vida! Então, minha mente viajou, e viajou mesmo! Escrevi umas 100 coisas que gostaria de fazer, cerca de 50% era algo relacionado ao prazer: viagens, esportes radicais, cantar, dançar, representar, etc... Coisas que eu amava fazer, mas que por algum motivo, sempre eram adiadas... 3 anos se passaram e olhei minha lista novamente, algumas coisas havia feito, mas tudo o que se relacionava à adrenalina havia sido deixado de lado... Então, neste ano de 2011, onde minha vida deu um giro de 360º ( depois contos os motivos, foram diversos), resolvi voltar aos sonhos e àquilo que realmente me interessava: VIVER!
Já conquistei duas vitórias com relação às minhas aventuras e graças as promoções dos sites de compras coletivas, creio que ANTES DE PARTIR, farei muuuuuuuuito mais...

Minha primeira aventura deste ano foi aqui: Na Pedra do Elefante em Itacoatiara! Um paraíso na Terra! Eu fui sozinha após ter comprado uma promoção num destes sites de compra coletiva. SOZINHA! Meu marido não gosta muito dessas coisas... Nenhum amigou ou amiga quis ir, mas eu nunca desisto dos meus sonhos por causa dos outros!
Peguei minha água, meu lanche, minha mochila e claro, a máquina fotográfica e lá fui eu e Deus! 5h da madruga, saí de casa e às 7h, estava lá! Chegando ao local, não tinha quase nenhuma mulher e as que tinham estavam com seus namorados aventureiros, algumas não conseguiram realizar o rapel porque ficaram com medo...rsrs, e a gordinha aqui tirando onda, kkk.
Depois avistei dois rapazes com cara de gente boa, aguardando no ponto marcado pela empresa que ia nos conduzir no Rapel, e ali começamos a conversar...

Assim conheci os estudantes de medicina Juliano ( de blusa verde) e Lucas ( bermuda vermelha). Ambos são do Espírito Santo, mas estão aqui no RJ estudando...
 Depois conheci os fuzileiros, Danilo (com óculos na cabeça) e Davi ( na minha frente), que também chegaram sozinhos e estavam meio perdidos, pois também não eram do Rio. Pronto, fechamos um grupo! E que grupo!!!

Mais segura, sabendo que haviam 2 futuros médicos e 2 fuzileiros por perto, o que diminui bastante minhas chances de óbito, kkk.


Todo mundo já estava preparado para fazer o Rapel, pra quem não sabe, o rapel é um esporte bastante perigoso e exige equipamentos adequados e muito treinamento da equipe que está conduzindo os praticantes. Fomos pendurados por uma corda onde descemos cerca de 35 metros de altura. Não muito alto, mas nível I para iniciantes.

                           Nesta foto estou com a equipe da NEOTRIP que conduziu o grupo. Recebi todas as instruções necessárias e lá vou eu....



Caramba! Cadê eu?? Já fuiiiiiiiiiiii...Rs, Já estou lá embaixo! Foi tão rápido que eu queria ir de novo. Eu fui a primeira mulher a descer, e a primeira daquele grupinho que fizemos...Logo depois, os meninos se animaram e Danilo e Lucas desceram de cabeça pra baixo, tipo Swatt, rsrs. Na próxima também vou fazer!
Depois de toda essa adrenalina....Um novo desafio, que não estava nos meus planos!!! Os meninos me convidaram para escalarmos o Costão de Itacoatiara...Esse aí mesmo que vocês estão vendo... Morri de medoo, primeiro porque estava com 4 homens desconhecidos, kkk... Depois, pq sabia que não tinha preparo para subir sem equipamento, esse Costão. Mas é claro que a subida foi por um outro lado...Menos mal né?!

Depois que subimos tive a melhor sensação da minha vida! A sensação de vitória! Missão cumprida! Consegui ultrapassar os meus limites, fiz novos amigos insquecíveis e que com espírito de equipe me ajudaram a dar todos os passos tanto na subida, quanto na descida.

A mensagem que quero deixar é que você pode fazer TUDO o que você desejar! Não hesite em lutar pelos seus sonhos. Viva uma vida sem muitas cobranças e mais momentos felizes, aproveite cada minuto de vida, pois pode ser que amanhã não exista mais... Portanto! Seja feliz! Você pode! Você consegue! Bjsss

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Vamos falar sobre bullying?!

Como Assistente Social e Modelo Plus Size eu não poderia deixar de falar sobre este assunto que hoje em dia é tão discutido no mundo inteiro.
Você sabe o que é bullying? Saiba como identificar se você está sofrendo ou seus filhos sofrem e busque ajuda, isto é um caso de justiça!
Para maiores informações, acesse a página do Conselho Nacional de Justiça: www.cnj.jus.br
Neste site você terá acesso à Cartilha sobre Bullying, mas já adiantando, extraí algumas informações importantes para que você fique ligado (a) e lute contra este mal que tanto afeta nossa sociedade!

1. O QUE É BULLYING? O Bullying é um termo ainda pouco conhecido do grande público. De origem inglesa e sem tradução ainda no Brasil, é utilizado para qualificar comportamentos agressivos no âmbito escolar, praticados tanto por meninos quanto por meninas. Os atos de violência (física ou não) ocorrem de forma intencional e repetitiva contra um ou mais alunos que se encontram impossibilitados de fazer frente às agressões sofridas. Tais comportamentos não apresentam motivações específicas ou justificáveis. Em última instância, significa dizer que, de forma "natural", os mais fortes utilizam os mais frágeis como meros objetos de diversão, prazer e poder, com o intuito de maltratar, intimidar, humilhar e amedrontar suas vítimas.

2. QUAIS SÃO AS FORMAS DE
BULLYING? NORMALMENTE, EXISTEM MAIS MENINOS OU MENINAS QUE COMETEM BULLYING?

As formas de
bullying são:

• Verbal (insultar, ofender, falar mal, colocar apelidos pejorativos, "zoar")

• Física e material (bater, empurrar, beliscar, roubar, furtar ou destruir pertences da vítima)

• Psicológica e moral (humilhar, excluir, discriminar, chantagear, intimidar, difamar)

• Sexual (abusar, violentar, assediar, insinuar)

• Virtual ou
Ciberbullying (bullying realizado por meio de ferramentas tecnológicas: celulares, filmadoras, internet etc.)

Estudos revelam um pequeno predomínio dos meninos sobre as meninas. No entanto, por serem mais agressivos e utilizarem a força física, as atitudes dos meninos são mais visíveis. Já as meninas costumam praticar bullying mais na base de intrigas, fofocas e isolamento das colegas. Podem, com isso, passar despercebidas, tanto na escola quanto no ambiente doméstico.

3. EXISTE ALGUMA FORMA DE
BULLYING QUE SEJA MAIS MALÉFICA? O CIBERBULLYING É PIOR DO QUE O BULLYING TRADICIONAL?

Uma das formas mais agressivas de
bullying, que ganha cada vez mais espaços sem fronteiras é o ciberbullying ou bullying virtual. Os ataques ocorrem por meio de ferramentas tecnológicas como celulares, filmadoras, máquinas fotográficas, internet e seus recursos (e-mails, sites de relacionamentos, vídeos). Além de a propagação das difamações ser praticamente instantânea o efeito multiplicador do sofrimento das vítimas é imensurável. O ciberbullying extrapola, em muito, os muros das escolas e expõe a vítima ao escárnio público. Os praticantes desse modo de perversidade também se valem do anonimato e, sem nenhum constrangimento, atingem a vítima da forma mais vil possível. Traumas e consequências advindos do bullying virtual são dramáticos.

4. QUAL O CRITÉRIO ADOTADO PELOS AGRESSORES PARA A ESCOLHA DA VÍTIMA? Os bullies (agressores) escolhem os alunos que estão em franca desigualdade de poder, seja por situação socioeconômica, situação de idade, de porte físico ou até porque numericamente estão desfavoráveis. Além disso, as vítimas, de forma geral, já apresentam algo que destoa do grupo (são tímidas, introspectivas, nerds, muito magras; são de credo, raça ou orientação sexual diferente etc.). Este fato por si só já as torna pessoas com baixa autoestima e, portanto, são mais vulneráveis aos ofensores. Não há justificativas plausíveis para a escolha, mas certamente os alvos são aqueles que não conseguem fazer frente às agressões sofridas.

5. QUAIS AS PRINCIPAIS RAZÕES QUE LEVAM OS JOVENS A SEREM OS AGRESSORES?
É muito importante que os responsáveis pelos processos educacionais identifiquem com qual tipo de agressor estão lidando, uma vez que existem motivações diferenciadas:
Muitos se comportam assim por uma nítida falta de limites em seus processos educacionais no contexto familiar
2. Outros carecem de um modelo de educação que seja capaz de associar a autorrea
lização com atitudes socialmente produtivas e solidárias. Tais agressores procuram nas ações egoístas e maldosas um meio de adquirir poder e status, e reproduzem os modelos domésticos na sociedade.

3. Existem ainda aqueles que vivenciam dificuldades momentâneas, como a separação
traumática dos pais, ausência de recursos financeiros, doenças na família etc. A violência praticada por esses jovens é um fato novo em seu modo de agir e, portanto, circunstancial.

4. E, por fim, nos deparamos com a minoria dos opressores, porém a mais perversa. Trata-se de crianças ou adolescentes que apresentam a transgressão como base estrutural de suas personalidades. Falta-lhes o sentimento essencial para o exercício do altruísmo: a empatia.

*Para denunciar os agressores, deve acionar os pais, os Conselhos Tutelares, os órgãos de proteção à criança e ao adolescente etc. Caso não o faça poderá ser responsabilizada por omissão. Em situações que envolvam atos infracionais (ou ilícitos) a escola ou aqueles que assistem ao bullying também tem o dever de fazer a ocorrência policial.
Fonte: www.cnj.jus.br

E você? O que acha do bullying? Já praticou ou já sofreu bullying? Compartilhe sua experiência.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

O que vocês querem ver no BLOG

Olá genteeee, bom dia neste friozinho...

Todos sabem que este meu Blog é um bebezinho ainda e que não sei mexer nele direito né? Então, peço a ajuda de vocês para torná-lo um veículo bastante interessante e com informações que agrade a todos os públicos, para tanto, estou fazendo uma mini-enquete aqui no Blog que vai de hoje 01/11 até domingo 06/11, para saber o que as pessoas querem ver aqui neste blog, as melhores dicas serão publicadas com o nome da pessoa que indicou e organizarei as informações de maneira que este Blog seja um sucessoo!!!
Mil bjs e todos e obrigada pelo carinho!
Marlucia Félix